Startup curitibana Hilab conquista o Oscar do design mundial

A heathtech é a primeira empresa brasileira a ganhar o selo Gold Award
“Nós acreditamos no tipo de design que envolve as pessoas e facilita suas vidas”, afirma Marcus Figueredo, CEO da Hilab

A startup curitibana Hilab acaba de ganhar o prêmio máximo do iF Design Award 2022, considerado o "Oscar" do design e uma das premiações mais prestigiadas da área desde 1954. A heathtech da capital é a primeira empresa brasileira a ganhar o selo Gold Award da premiação alemã por um projeto envolvendo hardware, software e tecnologia. A Hilab é uma startup de saúde que criou o primeiro laboratório "de bolso" do mundo, que faz uma série de exames de forma remota — incluindo covid, teste de gravidez e dengue — com uma gota de sangue e resultados em apenas 20 minutos. Tudo é feito pela internet com o dispositivo conectado on-line, em farmácias parceiras, ao laboratório da Hilab.

Desde 1954, 21 projetos do Brasil levaram o prêmio Gold, mas apenas a Hilab ganhou com um serviço de tecnologia. A cerimônia de entrega dos prêmios do iF vai acontecer no dia 16 de maio no Friedrichstadt Palast, o teatro com o maior palco do mundo, em Berlim (Alemanha). A Hilab foi laureada na categoria Service Design. "Nós acreditamos no tipo de design que envolve as pessoas e facilita suas vidas. Um dos principais pontos que nos diferencia dos outros serviços e dispositivos de saúde é a experiência que o serviço Hilab oferece. Nosso design é simples, inovador e humanizado", comemora Marcus Figueredo, CEO da Hilab.

O prefeito Rafael Greca parabenizou a Hilab pela conquista do iF Design Award. "É uma startup do Vale do Pinhão que nos dá orgulho, pois, além de receber um dos mais prestigiados prêmios de design do mundo, criou uma solução que dá acesso à saúde até mesmo em locais remotos do nosso imenso Brasil, como aldeias indígenas dos caiapós no Pará", salienta Greca.

Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, reforça ainda que a Hilab é uma inspiração para todo o Vale do Pinhão, o movimento da Prefeitura e ecossistema de inovação responsável pela maior transformação econômica sustentável e de cidade inteligente da capital nos últimos anos. "A startup é uma amostra do amadurecimento do Vale do Pinhão e uma inspiração para outros empreendedores da cidade gerarem soluções e serviços baseados em tecnologia, eficiência e inovação", observa.

Em 2019 e 2021, a Hilab participou do programa Tecnoparque da Prefeitura, que oferece redução de 5% para 2% do ISS a empresas de base tecnológica que investem em pesquisa para criação de novos produtos e geração de empregos. Desde 2018, quando o Tecnoparque foi relançado pelo prefeito Rafael Greca, a desoneração soma R$ 210 milhões, montante que as empresas beneficiadas estão reinvestindo nos próprios negócios. A Hilab também já foi destaque em apresentações no Paiol Digital, evento de conexão mensal do Vale do Pinhão no Teatro do Paiol.

Neste ano, a premiação contou com 28 projetos brasileiros reconhecidos pela instituição, participação de 57 países e 10.700 inscrições. A Hilab, no entanto, foi a única empresa brasileira a ser vencedora com o selo Gold em 2022. Em 1992, a Estação Tubo de Curitiba conquistou o feito de ser o primeiro projeto de desing brasileiro premiado no iF. A Furf Design Studio, da capital, recebeu o prêmio, em 2017, pela capa de prótese de perna Confete.

Quer saber mais sobre empreendedorismo?
Receba diariamente a newsletter do Grupo AMANHÃ. Faça seu cadastro aqui e, ainda, acesse o acervo de publicações do Grupo AMANHÃ.

Veja mais notícias sobre EmpreendedorismoNegócios do SulParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 27 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/