Alertas são mantidos para todo o RS nas próximas duas semanas

A tendência atual de queda lenta pode ser afetada por conta do Carnaval
Atualmente 74,9% dos gaúchos estão com o calendário de vacinação em dia

Assim como na semana passada, a conjuntura estadual em relação à pandemia é determinante para a manutenção dos alertas para todas as regiões Covid do Sistema 3As de Monitoramento, responsável pelo gerenciamento da pandemia no Rio Grande do Sul.

Nas duas últimas semanas, foi observado um declínio na velocidade do avanço da doença nas diversas regiões do Rio Grande do Sul, porém os patamares seguem muito altos, podendo retomar uma trajetória de crescimento. Considerando a probabilidade de aumento de circulação de pessoas por conta do Carnaval e o retorno às aulas, a tendência atual de queda lenta pode ser afetada.

Também é preciso levar em conta que, durante feriados, as instituições não mantêm a atualização habitual de dados, causando um descompasso entre indicadores e realidade. Por isso, os alertas serão mantidos pelas próximas duas semanas, até que se tenha o resultado dos impactos causados pela alta circulação da população e que as informações já tenham sido atualizadas caso existam subnotificações.

Atualmente 74,9% dos gaúchos estão com o calendário de vacinação em dia. Da população adulta, somente 39,5% receberam a dose de reforço. Com apenas uma dose, constam 84,6% de imunizados. Além do estímulo à vacinação, as regiões devem agir localmente para reduzir o risco de contágio, ampliando e mantendo a fiscalização do cumprimento de protocolos obrigatórios, também reforçando protocolos recomendados.

Na última semana, a média móvel de casos confirmados apresentou redução de 12%, com incidência semanal de 688 casos por 100 mil habitantes. O número de internados com confirmação e suspeita de coronavírus reduziu em 244 pacientes. Desses, 162 em leitos clínicos e 82 em leitos de UTI. Atualmente, a taxa de ocupação de UTIs no Rio Grande do Sul é de 60,9%. Em relação aos óbitos, 337 pessoas foram vítimas da doença, com média de 48,1 óbitos por dia, o que representa uma redução de 16%, comparando com a semana anterior.

Veja mais notícias sobre CoronavírusSaúdeRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 27 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/