Sidebar Menu

Rede SIM: uma história de inovação e renovação

Com inovação em seu DNA e constantes reinvenções, marca continua se destacando após 35 anos
A ousada história da SIM rende frutos até hoje: a marca é a maior rede de postos de combustíveis e lojas de conveniências do país, com mais de 140 unidades em operação no Sul

Em outubro de 2020, a Rede SIM completou mais um ano de existência. Uma história que, desde seu princípio, se caracterizou por persistência e trabalho dos irmãos Deunir e Neco Argenta. Inicialmente denominada Ditrento e atuando exclusivamente no segmento açucareiro, a empresa foi fundada em 1985, na cidade de Flores da Cunha (RS). Oito anos depois, em 1993, os irmãos inauguraram a primeira unidade de postos de combustível da rede. Em 2012, a empresa passou a se chamar SIM, um nome "sonoro, universal, positivo e carismático", segundo a gerente de marketing da rede, Carla Perussato. A primeira unidade fora do solo gaúcho foi inaugurada em 2013, em Itajaí (SC). Dois anos depois, a rede estaria atingindo a marca de 100 unidades, expandindo para o Paraná em 2017 e lançando seu atual conceito de loja de conveniência.

Uma história ousada, única e que até hoje rende frutos para a SIM, que é a maior rede varejista no ramo de postos de combustíveis e lojas de conveniências do país e esteve entre as 30 marcas mais amadas do estado do Rio Grande do Sul em 2020, com mais de 140 unidades em operação nos três estados do Sul. "O sucesso da SIM pode ser atribuído ao nosso jeito de ser e fazer. Ao trabalho diário, ao brilho nos olhos, aos relacionamentos criados, à visão de futuro e à determinação em fazer melhor todo dia. Fazer correto é a base para a trajetória da nossa empresa e estabelece uma relação de confiança com nossos clientes", reflete Neco Argenta, presidente da SIM. Um posicionamento que refletiu nas ações da empresa durante a pandemia do coronavírus, um momento de muitas incertezas e tensão: o período alterou a rotina da Rede SIM e desafiou a equipe a encontrar novas formas de conduzir a empresa, sendo, portanto, um momento de grande aprendizado.

"Nos primeiros dias da pandemia, criamos um comitê de crise formado por lideranças estratégicas da empresa e liderado por Diego Argenta, diretor executivo de Varejo da SIM. O objetivo do comitê era bem claro, tomar decisões rápidas que garantissem a segurança de nossas equipes e clientes, já que a SIM não poderia parar um só dia durante toda a pandemia", relembra Argenta. A adaptação à situação causou diversas mudanças na forma de oferta dos serviços, mas a Rede SIM permaneceu ao lado de profissionais de saúde e caminhoneiros que precisavam se locomover. "Mantivemos sempre o olhar atento para o mercado e comunidades onde atuamos. A estratégia empresarial e o senso de solidariedade coletiva andaram juntos", explica o presidente da empresa.

E, mesmo durante o período mais crítico de 2020, a Rede SIM não deixou de inovar. Foi lançado, por exemplo, o app da Rede, que, em menos de seis meses, superou a marca de 100 mil usuários. O plano para o futuro é seguir oferecendo soluções, ampliando ofertas em lojas de conveniência, agregando valor na experiência dos clientes e seguindo o projeto de expansão em regiões estratégicas. "Seguimos investindo nosso tempo e energia em melhorar cada vez mais a oferta do nosso negócio aos clientes e gerando oportunidades para nossas equipes", projeta Argenta.

Veja mais notícias sobre Conteúdo Patrocinado.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 26 Janeiro 2021

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection