Não espere o emprego chegar até você

As taxas de desemprego não param de crescer. Nos últimos meses quase dobraram devido ao ambiente de negócios ruim. Isso, porém, não quer dizer que não existam empregos. Eles existem, sim. Há uma dinâmica natural de mudanças nas empresas. Pessoas que ...
Carreira

As taxas de desemprego não param de crescer. Nos últimos meses quase dobraram devido ao ambiente de negócios ruim. Isso, porém, não quer dizer que não existam empregos. Eles existem, sim. Há uma dinâmica natural de mudanças nas empresas. Pessoas que são promovidas, trocam de emprego ou mudam de cidade. Para encontrar essas vagas, o importante é ser pró-ativo. Não é possível ficar esperando alguém divulgar uma oportunidade ou ser indicado por algum amigo. É preciso buscar o emprego que você quer de forma mais agressiva.

Nas empresas, o departamento de Recursos Humanos só olhará seu currículo se vagas abertas estiverem disponíveis. Sugiro que você busque outros caminhos. Descubra quem é o responsável pelo setor que você ambiciona e chegue até ele de alguma forma.  Às vezes a vaga não existe, mas o diretor ou presidente pode ter um projeto em mente no qual seu perfil se encaixa perfeitamente. 

Mas, por favor, capriche no currículo. Por exemplo, inclua seus planos de futuro. Na maioria das vezes, o currículo só traz o que você já fez, ou seja, seu passado. Lembre-se de dizer o que pretende fazer na nova empresa e de recomendar algo ao seu empregador que seja baseado nas suas competências técnicas e comportamentais. Seja específico e coloque-se à disposição da empresa. 

Sempre lembro de um currículo muito original que recebi de uma executiva. Primeiro, ela me enviou uma carta escrita à mão (gente, à mão, hoje em dia!) propondo uma reunião para discutir a vaga em questão. Já se destacou com isso. Depois, ao final do currículo, ela escreveu quatro frases muito diferentes do habitual. “Quando trabalho para alguém, visto a camisa para valer e produzo muito. Como produzo muito, às vezes erro. Quando erro, odeio ser chamada a atenção em público. Sempre corrijo meus erros e por isso produzo muito. Como produzo muito, quero ganhar bem”, explicou a candidata.

Com isso, ela conseguiu minha atenção e a do diretor da empresa que tinha a vaga aberta. Foi contratada já durante a entrevista e realizou um belo trabalho em uma grande corporação brasileira. Produzindo muito, diga-se de passagem. Portanto, se você quer um emprego, não fique esperando por ele. Vá buscar. E pense em como destacar no seu currículo o que você tem de melhor. 

Veja mais notícias sobre Carreira.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 21 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/