Irani realiza o terceiro programa de recompra de ações

O prazo máximo para a execução é de 18 meses
A Irani adota a política de distribuição de dividendos para os acionistas de até 50% do lucro líquido

A Irani está operando o seu terceiro programa de recompra de ações desde o seu Re-IPO, em 2020. O programa, referendado por unanimidade pelo conselho de administração, é reflexo da confiança da companhia de que a cotação atual das suas ações não reflete o valor justo da empresa, abaixo, portanto, do que a empresa avalia ser o correto. A Irani opera o programa com limite de aquisição de 10.651.676 ações ordinárias, que representam 10% do total em circulação na data de aprovação da medida. O prazo máximo para a execução do programa é de 18 meses, com término em 25 de setembro de 2025. O novo programa foi recém-lançado e ainda não tem dados públicos disponíveis.

A mesma operação foi realizada com êxito em dois programas anteriores, já concluídos, e que a empresa readquiriu um total de 14.514.200 ações, com preço médio de R$ 7,37 e um investimento total de R$ 107 milhões. Além disso, de acordo com o diretor de administração, finanças e de relações com investidores, Odivan Cargnin, a Irani adota a política de distribuição de dividendos para os acionistas de até 50% do lucro líquido e possui um dividend yield de 10,6% em 2023, percentual considerado alto e um dos fatores que levou a companhia a integrar o Índice de Dividendos da B3 em 2024, pelo segundo ano consecutivo.

O executivo destaca como fator gerador de confiança na estrutura financeira da companhia, ainda, a conclusão dos investimentos na Plataforma Gaia, que reúne um amplo conjunto de projetos de ampliação e modernização do seu parque fabril, visando ganhos de eficiência operacional. "Estes projetos já estão começando a gerar resultado, e estamos otimistas com os frutos que vamos colher nos próximos anos, o que reforça ainda mais nossa confiança para realizar essa operação de recompra de ações", ressalta Cargnin. "Como uma das principais indústrias do segmento de papéis para embalagens sustentáveis, a Irani está sempre focada em gerar impacto positivo ao meio ambiente e às comunidades onde está inserida em Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Essas boas práticas de gestão também têm impacto no valor que o público com os quais nos relacionamos enxerga na companhia", destaca.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 25 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/