Zeros que podem significar milhões

Melhoria contínua tem ajudado a Whirlpool a obter um aumento de produtividade de 15% ao ano
Desde sua fundação, há quase 110 anos, a companhia busca estar presente na experiência de uso do consumidor

Trabalhando com o conceito World Class Manufacturing (WCM), as fábricas da Whirlpool têm operado sob a ótica da perfeição. O WCM, um sistema completo para promover melhoria contínua de forma sistemática e organizada na segurança, qualidade e produtividade da manufatura, é a ferramenta que a companhia utiliza para atingir zero defeito, zero acidente, zero quebra, zero refugo e zero estoque. Na fábrica de Joinville, onde nasceu, em 1950, a primeira geladeira brasileira, a implementação do WCM trouxe competitividade, desenvolvimento de pessoas e de tecnologias, além de aumento da qualidade do trabalho e um aumento de produtividade de 15% ao ano.

Os bons resultados levaram à conquista da primeira certificação da metodologia, classificada como Bronze, em 2019, e Prata em 2021, mesmo em meio à pandemia. Otimistas quanto à recuperação da economia brasileira, a Whirlpool realizou recentemente um investimento de R$ 240 milhões no país. "O montante foi utilizado, majoritariamente, na ampliação e modernização das fábricas de Joinville e Rio Claro. E também em dois novos centros de distribuição física na região nordeste e sudeste para ampliar a malha logística e permitir que os consumidores recebam os produtos no menor tempo possível", detalha Helder Santos, diretor industrial da unidade da Whirlpool em Joinville. Com essas novidades, serão gerados cerca de 3 mil novos empregos diretos e indiretos.

Desde sua fundação, há quase 110 anos, a companhia busca estar presente na experiência de uso do consumidor. Agora, mais do que nunca, tem olhado para o futuro pelas lentes do padrão ESG (sigla que representa o termo em inglês environmental, social and corporate governance), tornando-se cada vez mais socialmente justa e culturalmente diversificada. Para isso, segue seu planejamento de investir anualmente de 3% a 4% do faturamento em inovação – mas dirigindo seus esforços para o conceito de P&D sustentável a partir do desenvolvimento contínuo de produtos e processos cada vez mais eficientes.

Este conteúdo integra o ranking 500 MAIORES DO SUL, publicado pelo Grupo AMANHÃ com o apoio técnico da PwC. Leia o anuário completo clicando aqui, mediante pequeno cadastro.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 23 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/