Catarinense Pollux abre operação no Canadá

Empresa de tecnologia industrial já tem unidade no México

Por Marcos Graciani

graciani@amanha.com.br

Catarinense Pollux abre operação no Canadá

Em menos de um ano da abertura do primeiro escritório fora do território nacional, a Pollux, empresa brasileira de tecnologia industrial com sede em Joinville (SC), acaba de anunciar uma nova unidade internacional, desta vez, no Canadá. A companhia, que em 2018 começou a operar no México, também prevê expandir atuação para outros países como Estados Unidos e Colômbia até o final de 2020. 

Para José Rizzo, CEO da Pollux, o mercado canadense tem se mostrado favorável às iniciativas de inovação e atrai cada vez mais empresas de tecnologia estimuladas pela facilidade e rapidez dos trâmites legais e tributários do país. “Nosso objetivo é atender, inicialmente, as demandas de empresas multinacionais que já são clientes da Pollux no Brasil e que possuem operação no Canadá”, explica. A companhia catarinense, que já possui proximidade com universidades e polos de inovação no Brasil, pretende incentivar o intercâmbio cultural entre os times que atuarão nas novas unidades. 

Rizzo avalia que o movimento de internacionalização é um processo natural para a Pollux que já havia exportado suas tecnologias em projetos conduzidos por toda América Latina. Fazem parte do portfólio da empresa, além das principais montadoras de veículos do país, clientes como Unilever, Nestlé, Natura e Saint-Gobain. 


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: