Sicredi atinge resultado 10% maior no semestre

No período, a poupança registrou alta de 20,9%

Da Redação

redacao@amanha.com.br

O Sicredi (foto) encerrou o primeiro semestre com um crescimento de 10% no resultado líquido na comparação com igual período de 2018, chegando à marca de R$ 1,5 bilhão. O patrimônio líquido superou os R$ 16 bilhões, alta de 16,2%. Os ativos totais chegaram a R$ 99,2 bilhões, volume 13% maior ao registrado no primeiro semestre do ano passado. Além disso, o número de associados do Sicredi cresceu 10,5%, totalizando mais de 4,2 milhões de pessoas físicas e jurídicas até junho. 

No período, a poupança registrou alta de 20,9%, atingindo R$ 14 bilhões em carteira. Já a carteira de crédito totalizou R$ 60,8 bilhões, aumento de 33% em relação ao mesmo período de 2018. A carteira de crédito rural fechou em R$ 21,4 bilhões, crescimento de 24,5%. Destaque também para a receita de crédito do Sicredi, que registrou um aumento de 20% no período e totalizou R$ 4,95 bilhões. Na captação, o Sicredi obteve crescimento de 13,3% em depósitos totais, alcançando R$ 64,8 bilhões. Mesmo com a significativa ampliação da carteira de crédito, o índice de inadimplência do Sicredi manteve-se decrescente, com queda de 0,08 ponto percentual no período, recuando para 1,44%. 

No primeiro semestre deste ano, o Sicredi também registrou crescimento no número de pontos de atendimento, totalizando 1.752 em todo o Brasil. De janeiro a junho, foram inauguradas mais de 70 agências, uma delas em Belo Horizonte, marcando a chegada da instituição na capital de Minas Gerais. Atualmente, o Sicredi conta com 112 cooperativas de crédito filiadas, presentes fisicamente em 1.334 cidades do Brasil, sendo que em mais de 200 delas é a única instituição financeira presente. “Vamos seguir com nosso compromisso de termos presença nacional e atuação regional, investindo na expansão para centros urbanos, ao mesmo tempo em que estamos presentes nos pequenos municípios, proporcionando fomento e acesso a serviços financeiros aos associados para que eles prosperem e, ao mesmo tempo, incentivando o desenvolvimento local e regional”, projeta João Tavares, presidente-executivo do Banco Cooperativo Sicredi.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: