Governo lança programa Mobilização pelo Emprego

Cerca de 300 empresários estiveram no evento em Joinville

Por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Governo lança programa Mobilização pelo Emprego em Joinville

O Ministério da Economia lançou nesta quinta-feira (23), em Joinville (SC), o programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade para Todos. O projeto, iniciado em Minas Gerais, percorrerá o país para traçar medidas – em conjunto com empresários, empreendedores, gestores públicos estaduais e municipais – visando a retomada do crescimento econômico.

Segundo o ministério, ainda neste ano, o programa será lançado em 14 estados. Cerca de 300 empresários participaram do lançamento nesta manhã, quando também foi lançado o web aplicativo Mobiliza Brasil – canal pelo qual qualquer cidadão pode sugerir melhorias para o ambiente de negócios de sua localidade. A ferramenta já está disponível e permite reunir sugestões e organizar dados que servirão de subsídios para a elaboração de políticas públicas. Desde o dia 3 de maio, quando foi ao ar, o web aplicativo já recebeu mais de 10 mil considerações.

Durante visita do secretário Carlos Costa para o lançamento do Programa, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, apontou as principais necessidades catarinenses, como a desoneração da produção e a melhoria na infraestrutura. “Estamos ansiosos por medidas que destravem a produção. Santa Catarina é um estado empreendedor, somos a sexta economia do país e necessitamos desses investimentos para contribuir com o crescimento”, destacou ele. 

Costa ressaltou a importância de Santa Catarina como um estado que gera emprego e renda com dinamismo. “Aqui confirmamos que o brasileiro é criativo e empreendedor. Queremos canalizar essas características para fazer todo o Brasil crescer”, afirmou. Para ele, o setor privado contribui muito nessa área e empreendimentos como o Perini Business Park e o Ágora Tech Park são os melhores exemplos disso. Segundo ele, o governo pretende atacar cinco áreas: simplificação dos processos, qualificação do capital humano, apoio à inovação e modernização, infraestrutura e abertura para novos investimentos, tais como a abertura do mercado aéreo. “Pedimos o engajamento das lideranças locais para que cobrem seus governos e nós também em busca das melhorias. Assim seremos um país próspero, moderno, que gera emprego e renda”, frisou.

Para Alisson Takano, diretor comercial do Perini Business Park, é preciso se voltar para o empreendedorismo, principalmente em Joinville, onde as pequenas e médias empresas, assim como startups, estão fazendo a diferença. “Temos mais potencial do que pensamos. Precisamos desse apoio da comunidade para fortalecer esse ponto de virada e posicionar Joinville como uma cidade empreendedora”, comentou.


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: