A epopeia da Isabel, uva que transformou o agricultor em viticultor

Firmino Splendor lança primeira publicação brasileira em torno do tema

Por Marcos Graciani

graciani@amanha.com.br

Firmino Splendor lança o livro A Epopeia da Uva Isabel no Rio Grande do Sul

Quando o enólogo Firmino Splendor (foto), fundador e primeiro presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE), decidiu escrever o livro A Epopeia da Uva Isabel no Rio Grande do Sul, há cinco anos, não imaginava o quanto esta pesquisa se tornaria útil e de conteúdo relevante para o setor vitivinícola brasileiro. Splendor foi um dos alunos formado na primeira turma do curso Técnico de Enologia do Brasil, em 1962. Primeira publicação no Brasil em torno deste assunto e com esta perspectiva, a obra foi lançada na noite de quarta-feira (3), na Embrapa Uva e Vinho, em Bento Gonçalves (RS). O evento reuniu autoridades da cadeia produtiva da uva e do vinho, enólogos, pesquisadores, estudantes de enologia e Sommeliers. No total, 500 exemplares da obra estão disponíveis na primeira tiragem. 

Em quase 400 páginas e uma seleção apurada de 169 figuras, 15 quadros, 56 tabelas e quatro gráficos, Splendor leva o leitor a viajar por fatos históricos que mostram o quanto a uva Isabel contribuiu para que o setor chegasse ao estágio atual. “Pela sua resistência, vigor e capacidade produtiva, a uva Isabel, que chegou e começou a ser cultivada pelas mãos dos alemães e, posteriormente, dos italianos, que mantiveram o hábito, ajudou o imigrante, então agricultor, a se tornar um viticultor de fato”, destaca o escritor. Uma compilação de dados mostra que em 1913, 96% da produção de uvas em solo gaúcho era da variedade Isabel. Hoje, esse índice é de 32%. “Subestimamos a usa Isabel, o que impactou diretamente na valorização e, consequentemente, no aumento dos vinhos importados no Brasil. Essa terminologia de vinho comum precisa acabar”, defendeu Splendor. 

“Ganha o vinho brasileiro, ganha o enólogo do Brasil, que passa a contar com um livro único, escrito por um artífice”, ressaltou o enólogo Daniel Salvador, atual presidente da ABE. O livro está à venda nas livrarias Papparazzi (L’América Shopping Center) e Aquarela (Av. Planalto, 1.115), em Bento Gonçalves. O livro custa R$ 70. 


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: